Website
24 Agosto 2017
50 Dias pela América do Sul – Take II

Já estamos há mais de um mês em viagem, mas veridicamente a sensação que temos é que saímos de Portugal há meses atrás…

Começámos encantados com a gentileza carioca, num Rio que nos brindou com mais sorrisos que violência e daí apanhámos o único avião interno até agora, para as majestosas cataratas do Iguazu. Depois, fomos surpreendidos com a pobreza de algumas cidades norte argentinas. Resistencia, Salta e JuJuy encarregaram-se de nos chocar culturalmente, porém foi também onde encontrámos as empanadas mais deliciosas do percurso!

Seguimos rumo à imperdível cidade chilena, San Pedro de Atacama, onde visitámos a imensidão do Valle de La Luna, uma paisagem de outro mundo que até agora se destaca no pódio como nossa favorita. Daí entrámos numa excursão num 4x4 em direção ao Sul da Bolívia onde a nossa visão foi prendada com lagunas de todas as cores possíveis e imagináveis. Para além do tão esperado Salar de Uyuni - que suplantou todas expectativas.

 

Ainda na Bolívia fomos engolidos pela frenética vida dos mercados de rua em La Paz, de onde continuámos até ao Peru. Cusco e particularmente a aventura de subir ao Machu Picchu foi muito marcante para nós, tanto pelas peripécias que ocorreram durante a visita como pela inesquecível imagem das montanhas mágicas à volta das ruínas incas, que não é equiparável a nada já existente na nossa memoria.

De Lima a Cusco superámos o difícil desafio da travessia de 21h dos Andes Peruanos…ao chegar tivemos a recompensa de saborear o melhor ceviche de sempre, prato da cultura peruana, e comprovámos pessoalmente o porquê de Lima ganhar consecutivamente o prémio de melhor destino gastronómico.

Depois de termos a barriga cheia, rumámos a Huaraz, um destino de trekking onde fizemos caminhadas bastante duras em altitude para depois ter outra vez o nosso momento de descanso: primeiro em Trujillo e depois em Mancora, onde completámos o “coast to coast”, banhando-nos no muito mais agradável pacifico.

De Mancora comprámos um bilhete de autocarro para o Equador, onde nos encontramos de momento, em Baños. Em pouco mais de um mês, fizemos cerca de 7000km e atravessámos de costa a costa a América do Sul em autocarros noturnos. A segunda parte da viagem é em direção ao norte, para chegarmos à Colômbia, de onde vamos regressar a Portugal. Com todos estes novos lugares e com o ritmo de viagem impresso (alguns mochileiros chamam-nos de loucos!) o tempo estendeu-se de tal maneira que sentimos que estamos longe de casa há meses. Todo e cada dia, a nossa visão, paladar, olfato, tacto e audição experienciam o inédito, o desconhecido e por vezes também o desconfortável. Há sempre esse risco não é?

Já perdemos alguns objetos materiais, mas curiosamente a bagagem de cada um esta muito pesada do que quando começámos viagem. Por um lado temos algumas saudades do conforto do lar, por outro o entusiasmo da viagem é algo que não se esgota … E quanto ao conforto, já aprendemos, as maiores aventuras acontecem precisamente fora dessa zona!

NÃO EXISTEM COMENTÁRIOS.

Lamentamos, os comentários estão fechados!

Aventura-te é o blogue de viagens e muito mais da Allianz Global Assistance. Porque a vida é uma aventura, poderás encontrar neste blogue várias informações de destinos de viagem, momentos recheados de humor e muita comida à mistura.
Junta-te a nós e parte nesta aventura!

Adoras viajar?
Segue o nosso blogue
e conhece os novos artigos todos os meses!