Website
8 Fevereiro 2019
Aventura-te Europa
Ski: Os 10 resorts mais acessíveis da Europa

Não conheces nenhum sítio para esquiar na Europa este inverno, longe das estâncias turísticas e da confusão? Nós ajudamos! Decidimos avaliar as encostas da Eslovénia, da Bulgária, de Andorra e muitas outras para te levarmos a conhecer os 10 resorts mais acessíveis do nosso pequeno continente. O jornal The Guardian apresentou uma lista dos 10 resorts de ski europeus mais pequenos e acessíveis.

Madesimo, Itália

Apenas a duas horas de carro do aeroporto de Milão, este resort oferece 60km de encosta com uma altitude entre os 1 550 e os 2 880 metros. Madesimo inclui encostas no Val di Lei, bem como pontos fora de Canalone e Camosci, para esquiadores mais experientes. Aqui, poderás ainda almoçar por apenas 20€.

 

Pohorje, Eslovénia

Pohorje é o resort que recebe o FIS Ladies Golden Fox, uma competição de Ski anual. Este pequeno resort tem vista para a cidade de Maribor e uma larga oferta de encostas para todos os níveis de esquiadores. As encostas são sossegadas e o resort tem óptimos bares e restaurantes, como o Peggy Bar e La Cantina. Este resort encontra-se apenas a duas horas do aeroporto da capital, onde poderás chegar até Graz na Áustria, dentro de menos de uma hora.

 

Pamporovo, Bulgária

Escondido nas montanhas de Rhodope, a três horas de Sófia, este resort é perfeito para iniciantes, mas também para os mais experientes no ski. Se quiseres ter aulas e alugar equipamento, o melhor mês é Março. O pacote de três dias, que inclui duas horas de aulas por dia, o passe de elevador e o aluguer da tábua, ronda os 90€. O resort tem espaços bastante confortáveis com quartos a partir de 55€

aerial view of forest

 

Termignon, França

Uma vila tradicional no parque nacional de Vanoise, Termignon tem 125km de bonitas montanhas. No final da época, os preços deste resort baixam e as crianças, desde que acompanhadas por dois adultos, podem esquiar gratuitamente. Este espaço é igualmente conhecido pelo seu vinho e pela deliciosa raclette feita de blue cheese. Ski e gastronomia unidos num só espaço que tem tudo para ser um sucesso.

 

La Norma, França

O resort ideal para famílias com crianças pequenas, devido à sua excelente escola de ski. Este resort tem ainda outro bónus: a neve dura muito tempo, cobrindo as montanhas, devido à sua altitude. Enquanto as crianças estiverem nas aulas, os pais podem explorar os 1 400 metros de terreno deste resort, fora da pista.

Resultado de imagem para la norma france

 

Abetone, Itália

Apenas a 90 minutos de Florença e Paris, este resort Toscano tem tudo para todos, iniciantes ou experientes. Cobertura de neve regular, hotéis confortáveis e restaurantes rústicos e tradicionais deliciam todos os visitantes, especialmente famílias.

 

Harrachov, República Checa

 Através do comboio que vem de Liberec, podemos chegar a Harrachov muito facilmente. Este é um resort encantador que permite que os seus visitantes explorem o Pico de Čertova Hora, experienciem um skidoo (motas de neve) e se deliciem com o bramboračky, um prato típico, numa casa de madeira. Um quarto duplo ronda apenas os 60€.

 

Niederau, Áustria

Neste resort, os visitantes poderão explorar as montanhas e as vilas que as cercam. Tal como o Austria Hotel, com quartos a 67€ por pessoa, o restaurante Glennie’s é bastante popular. Não deixe de passar por lá e desfrutar de uma bela refeição!

Resultado de imagem para niederau

 

Grandvalira, Andorra

Um passeio de autocarro de três horas separa Barcelona deste resort. O Grandvalira, que recebeu, em 2018, a final do campeonato mundial de ski conta com mais de 200km de encosta. Junto às cidades de Canillo, El Tarter, Grau Roig e Pas de la Casa, o resort é bastante acessível com quartos de hotel a rondar os 65€ em Março.

 

Jahorina, Bosnnia

Perto de Sarajevo, este resort oferece comida e bebida de qualidade a preços bastante apelativos. Para chegar a Jahorina, que acolheu os Jogos Olímpicos de Inverno, em 1984, podes escolher um de muitos voos disponíveis, através dos teus portais de viagens preferidos.

 

Estes são 10 dos resorts mais acessíveis da Europa. Já conheces algum? Adquire o teu Seguro de Viagem Ski e aventura-te pela neve!

NÃO EXISTEM COMENTÁRIOS.

15 Janeiro 2019
Aventura-te Europa
Os melhores meses para viajar na Europa

Novo ano, novas viagens! Chegou a altura de planeares as tuas viagens para 2019 com a nossa ajuda. E como é bom começar um novo ano com muitas aventuras! Mas será que sabes quais são os melhores meses para viajar na Europa? Fica atento a este artigo e descobre em que meses deverás descobrir este continente encantador.

Março e Abril

Os meses de Março e Abril são, muitas vezes, chamados de “shoulder season” pelos viajantes mais experienciados. Esta expressão refere-se à época que está entre a época baixa e a época alta de um destino. Nesta altura, é possível encontrar alojamento mais barato e menos confusão nas cidades. A desvantagem desta época é a incerteza no que toca à meteorologia, uma vez que tanto poderá estar um lindo dia de sol como, no dia seguinte, ser um dia escuro e de chuva. Apesar disso, a luz solar está presente durante a maior parte do dia, pelo que será possível rentabilizares as tuas viagens. Nestes meses, destinos como Berlim, Cracóvia, Valência ou Dublin são as opções ideais para quem procura uma viagem cultural.

 

Junho

Para quem não dispensa uma viagem com sol e calor, mas não quer enfrentar temperaturas extremas e muitas filas e confusão nos locais mais turísticos, o mês de junho é a opção perfeita para viajar na Europa! Apesar de ser um mês com temperaturas agradáveis, ainda não está presente o grande calor que caracteriza muitos países da Europa. Itália, Tenerife ou Grécia são bons destinos para esta época, que conjugam praia, momentos culturais e paisagens deslumbrantes.

 

Setembro

E se em Junho o calor forte ainda não chegou, em setembro já se começa a dissipar! Este mês, as possibilidades de viagem abrem-se, pois as temperaturas são ainda amenas, sem chuva e não existem grandes enchentes de turistas. Por isso, as sugestões de países a visitar neste mês são muitas: Londres, Barcelona, Budapeste, Suíça… A escolha é tua!

 

Novembro e Dezembro

Nos meses de Novembro e Dezembro, os mercados de Natal chegam à Europa e deslumbram todos os que os visitam. Luzes, música, comida, muitos sorrisos e magia são peças que pertencem a todos estes eventos! Por isso, nesta época, não deixes de visitar um destes mercados. A Alemanha é um dos países cujas cidades se iluminam e respiram a época natalícia. O mercado de Viena é o mais antigo do Mundo e merece uma visita. Praga, Suécia, Amesterdão ou Lituânia são ainda destinos populares e que prometem muitas aventuras divertidas!

 

Agora que já sabes quais os melhores meses para visitar a Europa, diz-nos que países mais queres conhecer neste ano de 2019!

NÃO EXISTEM COMENTÁRIOS.

13 Setembro 2017
Aventura-te Mundo
Arte Urbana na Europa

Não há dúvida de que a arte urbana tem vindo a experienciar uma ressurreição cultural na Europa. No passado, o graffiti era visto como o “patinho feio” das artes e considerado, bastantes vezes, como um ato de vandalismo que sujava e estragava as cidades. Agora, e cada vez mais, esta arte começa a captar a atenção de viajantes, artistas e críticos, ganhando o devido e merecido reconhecimento.
Artistas como Banksy em Inglaterra, Vhils em Portugal ou Blu em Itália, competem por atenção e, juntamente com outros artistas, por trazerem o título de melhor centro de arte urbana da Europa para o seu país.
Hoje damos a conhecer as 6 cidades europeias que têm vindo a experienciar esta transformação de edifícios antigos, paredes ou até mesmo bairros inteiros, em coloridas, expressivas e transformativas afirmações de arte moderna.

  1. BERLIM, ALEMANHA

Este pode ser o melhor destino para começares a tua aventura e descoberta de arte urbana na Europa! Considerada por muitos a “meca do mundo da street art”, em grande parte devido à queda do Muro, que levou muitos artistas a querer dar vida e cor à parte cinzenta e comunista da cidade – Berlim é o epicentro da inquietação artística nos bairros Mitte, Kreuzberg, Friedrichshain e East End.

 

 

  1. LONDRES, INGLATERRA

A capital de Inglaterra guarda uma das maiores coleções de street art do mundo. Nesta que é uma das cidades mais criativas do mundo, podes encontrar trabalhos de artistas mundialmente reconhecidos como Banksy, Malarky ou Phlegm nos bairros de Shoreditch, Spitalfields ou Camdem Town.

 

 

  1. BARCELONA, ESPANHA

Barcelona foi uma das primeiras cidades a abraçar a arte urbana e, mesmo tendo sido vítima da implementação de leis de restrição pelas autoridades em 2006, continua a ser impossível deter este movimento em Espanha.

Hoje em dia podes encontrar “paredes livres” por toda a cidade, que voltaram a tornar-se num dos locais de eleição para conhecer e ver arte urbana.

 

 

  1. FRANÇA, PARIS

É verdade que esta cidade é o epicentro de museus e monumentos clássicos, mas se achas que Paris não é um bom exemplo de arte urbana na Europa, é porque não conheces os sítios certos!

A Cidade da Luz guarda trabalhos de artistas como Blek le Rat, pioneiro na criação e peças feitas em stencil, ou JR, famoso pelos seus retratos gigantescos que já cobriram o Tate Modern em Londres. Para ver de perto estas obras só tens de passear por locais como o Clignancourt Market, a região de Belleville ou o bairro Le Marais.

 

 

  1. PORTUGAL, LISBOA

Em último mas não por último, surge Lisboa, descrita pelo Huffington Post como uma das maiores capitais do mundo para a arte urbana. “É um reflexo da diversidade de talentos que está a emergir da capital portuguesa, e também a prova de que quando as autoridades decidem cooperar, apoiar e promover este tipo de arte em vez de restringi-la, o resultado é sempre positivo.”

Na capital do nosso país é possível encontrar incríveis trabalhos de Add Fuel, Vanessa Teodoro, Vhils ou Bordallo II, bem como alguns festivais de arte urbana.

 

 

Qual é a tua cidade favorita?

NÃO EXISTEM COMENTÁRIOS.

Aventura-te é o blogue de viagens e muito mais da Allianz Global Assistance. Porque a vida é uma aventura, poderás encontrar neste blogue várias informações de destinos de viagem, momentos recheados de humor e muita comida à mistura.
Junta-te a nós e parte nesta aventura!

Adoras viajar?
Segue o nosso blogue
e conhece os novos artigos todos os meses!